Fogo cruzado.

Eu sempre tento me colocar no lugar do outro. Por mais inescrupulosa seja a situação.

Assim eu aprendo através de diversas perspectivas.

Na Umbanda não seria diferente, eu tento absorver o que é bom e deixar de lado o que é ruim, sem negligenciar o que de fato tem que ser combatido com sabedoria.

Eu conheço irmãos de todas as vertentes de Umbanda. Popular, Espírita, Tradicional, Sagrada… chega a ser engraçado, parece que estou em um fogo cruzado.

Todos me respeitam (aparentemente) porque eu respeito eles. Não preciso concordar em tudo com ninguém, eu não concordo nem comigo.

Acredito que A RAIZ DA FÉ seja isso. Respeitar, compreender e compartilhar.

Meu trabalho consiste nisso. Pelo menos comigo funciona. E você?

Axé!
Por João Paulo Francisco

Ajude ao novo livro do Pai Antônio ser lançado. Entre em www.catarse.me/araizdafe

Salve a Umbanda!
(Proibido a reprodução do texto e da foto sem a devida autorização. Sujeito a processo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s