Os olhos do mal e a fronteira da fé.

A vida é um eterno ciclo de aprendizados momentâneos, que hora ou outra nos visita para reavaliar nossos fundamentos. “Só sei que nada sei” é uma premissa que melhor se encaixa em meio as tantas voltas que o mundo dá. Cada um tem o polo positivo e negativo, é impossível viver apenas em uma extremidade. Se não, perdemos a oportunidade de viver a vida com equilíbrio. Os olhos do mal não podem ultrapassar as fronteiras da fé, a sensibilidade que eleva nosso ser com compaixão.

Pra onde você está olhando esse momento? Por onde andam seus pensamentos? Onde você se encontra atualmente? Nos olhos do mal ou na sabedoria do amor?
Acredite em si mesmo, mesmo que o mundo diga ao contrário. Tenha fé e vença pelo amor.

Assim ensinam os queridos Pretos-Velhos.
Axé!

_________________
Postado oficialmente na página facebook.com/UmaSimplesConversa
20/Out/16 – 12h23

Se compartilhar, não esqueça de dar os devidos créditos 😉

Texto: João Paulo FranciscoMédium e escritor
Imagem: pictigar. com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s